ovos

Diferente de frutas e verduras, nem sempre é fácil ter certeza de quando os ovos que você comprou estão em boas condições. Por isso, listamos 5 dicas fáceis que podem te ajudar a identificar a qualidade dos ovos a serem consumidos.

Confira a integridade da casca do ovo. Rachaduras, furos e manchas são indícios que a parte interna do ovo pode ter sido contaminada. Ao escolher o ovo para consumir, verifique de forma atenciosa toda a casca pois qualquer coloração diferenciada pode ser sinal de risco, fique atento!

Mergulhe o ovo em um copo de água fria. Quando estão frescos, os ovos têm seu interior preenchido, por isso afundam totalmente. Ao envelhecerem, a quantidade de ar dentro deles vai aumentando. Ovos estragados boiam completamente quando colocados na água.

Agite o ovo próximo ao seu ouvido e se atente ao som emitido. Por possuir menos ar em seu interior, o ovo fresco não emite praticamente nenhum ruído, já um ovo mais antigo emite ruído maior pela agitação do líquido mais antigo.

Sempre quebre o ovo em um recipiente à parte antes de incluí-lo na receita. As dicas que demos para analisar o ovo antes de quebrá-lo são valiosas, mas analisar o interior é essencial para confirmar a qualidade. O cheiro do ovo é o principal indício de que ele está bom ou ruim. Visualmente também é possível analisar: ovos antigos possuem gema mais baixa e menos centrada, além de clara muito grande e aquosa.

Verifique sempre a data de validade. É comum que as pessoas joguem no lixo a caixa dos ovos comprados ao colocá-los na geladeira. Mas como qualquer outro alimento, é importante verificar sempre a data de validade ao consumir os ovos. Fique sempre de olho!